Artigo| USE A INTERNET SEM CORRER RISCOS

future_internet_540px

Esta semana quero compartilhar com vocês o artigo do Doutor em Ciências da Computação, gaúcho, residente no Silicon Valley, Califórnia, Nelson Mattos. Ele explica como usar a internet de forma segura, sem riscos. Cada dia mais e mais pessoas usam a rede mundial de computadores e não estão atentos aos riscos que se expõe. Alguns cuidados podem fazer toda a diferença. E assim, podemos usar de forma realmente democrática a internet, esse espaço tão importante para o debate de ideias, de pensamentos, para os relacionamentos, etc.

Recentemente recebi inúmeros e-mails de leitores da minha coluna procupados com os riscos que corremos quando postamos informações a nosso respeito. Assustada, a grande maioria concluiu erroneamente que o melhor é não ter uma conta no Facebook, LinkedIn, Google+, ou Twitter. Boicotar as redes sociais não é a solução. Se você não tem uma identidade digital, você está permitindo que outros criem uma pra você e a usem para atividades criminosas como no caso do secretário-geral da Interpol, Ron Noble. Notando que ele não tinha contas em redes sociais, criminosos criaram uma conta no nome dele no Facebook e começaram a se conectar com outros membros da Interpol obtendo informações sobre ações da polícia, operações secretas, etc.

A melhor solução é usar a internet controlando sua identidade e tomando as devidas precauções para minimizar seus riscos: cuidados básicos, bom senso e disciplina.
Os cuidados básicos são relevantes para qualquer uso da internet.
1 – Use uma senha robusta em vez de senhas óbvias como o seu aniversário ou o nome da sua mãe. Tenha pelo menos uma letra maiúscula, dois números e um símbolo. Quanto mais longa e complicada a senha, melhor.
2 – Mude sua senha regularmente. Isso diminui o tempo que alguém teria para usá-la caso esta seja descoberta.
3 – Nunca compartilhe sua senha com outras pessoas. Lembre-se que quanto mais gente souber sua senha, maior a chance dela ser descoberta.
4 – Certifique-se sempre que você está no site certo antes de digitar suas informações de login, verificando o URL (endereço do website) na barra de endereços do seu navegador: por exemplo http://www.bradesco.com.br ao invés de http://www.bradesko.com.br, que pode ser um site de phishing (para roubar credenciais e senha).
5 – Não responda a e-mails ou qualquer outro pedido que solicitem enviar sua senha ou confirmá-la. Ignore a mensagem. Com certeza é um golpe.
6 – Use reverificação de login se disponível (oferecido por bancos, Google e Twitter) como a verificação em duas etapas. Ela exige que você insira um código enviado para o seu celular quando você tentar acessar sua conta de outro computador ou telefone. Assim, mesmo que alguém descubra sua senha, não sera capaz de acessar sua conta.
7 – Não clique em links para sites que você não conhece e não baixe nada no seu computador ou celular se você não souber a origem. Esses sites ou downloads podem ser de ataque. Se você não tem certeza, não clique.
8 – Sempre saia da sua conta após usar um serviço da internet, seja seu banco, Facebook, etc., especialmente se estiver compartilhando o seu computador ou celular.
9 – Use opções de segurança que lhe estão disponíveis como HTTPS no seu browser (uma forma de comunicação mais segura onde os dados transmitidos são codificados protegendo ainda mais suas informações) ou o alerta de senha do Google.
As recomendações de bom senso são específicas para redes sociais:
10 – Mantenha dados pessoais como número de telefone, endereço, e-mail, ou qualquer coisa que possa ser usada para validar seus credenciais fora do seu perfil. Isso ajuda a melhorar a sua segurança e a prevenir o roubo da sua identidade
11 – Sua mãe não lhe ensinou a não falar com estranhos? Portanto ignore mensagens de pessoas que você não conhece. Antes de aceitar um pedido de comunicaçao, verifique as informações disponíveis sobre o solicitante analisando seu perfil, fotos, e amigos. Se não forem familiar, não aceite o pedido. Também bloqueie todos os que lhe ameacem, assediem, ofendam, ou simplesmente o incomodem.
12 – Evite aceitar pedidos de amizade de pessoas que no fundo não são realmente seus amigos. Não vejo como o acesso a sua vida pessoal por colegas de trabalho, professores, ou chefes possa ajudá-lo.
13 – Filtre quem pode ver suas mensagens. Todas as redes sociais têm configurações que lhe permitem definir quem pode ver suas postagens. Limite a visibilidade ao mínimo interagindo, não com o mundo inteiro, mas somente com quem você conhece.
14 – Controle quem pode lhe marcar para evitar problemas. Vá nas configurações de privacidade e escolha se você quer ser marcado por qualquer um, somente aqueles que você segue ou ninguém.
15 – Evite expor sua localização. Anunciar que você está viajando é um convite para sua casa ser roubada. Se você quiser postar detalhes da viagem, faça-o depois de voltar para casa. Além disso, certifique-se que a inserção automática da sua geolocalização pelas redes sociais que oferecem tal opção está desativada para evitar que tais redes exponham de onde você fez a postagem. E, finalmente, retire o geotag das fotos. Muitos telefones com câmera adicionam automaticamente o geotag nas fotos permitindo que aqueles com acesso a foto descubram a sua localização. Gente famosa revelou acidentalmente a localização de sua casa por não eliminar o geotags das fotos.
16 – Não poste fotos que possam envergonhá-lo no futuro.
As últimas precauções são aquelas que exigem uma disciplina mais rigorosa:
17 – Remova tudo que você ache inadequado. O que você pode ter achado engraçado ontem à noite pode não ser tão engraçado na manhã seguinte. Isto refere-se a fotos tiradas sob a influência de qualquer substância, em lugares duvidosos, fazendo coisas embaraçosas, etc.
18 – Remova todos os aplicativos que você não usa ou reconhece ou, no mínimo, revogue o acesso de tais aplicativos a sua conta. Há vários apps de spam por aí e ter apps desnecessários pode ser perigoso.
19 – Crie periodicamente uma cópia de suas postagens fora das redes sociais. Imagine se alguém conseguir acessar a sua conta e a delete. Todas suas fotos perdidas em um segundo!
20 – Regularmente remova suas postagens antigas ou, no mínimo, restrinja o compartilhamento dessas significativamente (e.g., só você pode vê-las). Ninguém precisa ter acesso eterno as suas fotos e postagens.
21 – Se seu filho (menor) esta ativo nas redes sociais, monitore-o para ver o que está acontecendo. Você pode respeitar a individualidade dele usando serviços de monitoramento online, como http://www.zoemob.com/pt/, que lhe mantém informado e o ajudam na proteção contra predadores, cyber-bullies, criminosos, etc. sem que você tenha que checar cada postagem.
Siga essas precauções e continue aproveitando as maravilhas da internet sem grandes riscos!

Fonte: Zero Hora

O ano que começou em 1° de janeiro

calendario1

 

Todo o ano sempre ouvimos aquela máxima: o ano, no Brasil, só começa depois do carnaval. Já não é mais nem na sexta-feria de cinzas, mas após o famoso “enterro dos ossos”. Pois, em tese, hoje seria o primeiro dia do ano. Seria se o ano não tivesse começado, de fato, em 1° de janeiro. Tanta coisa já aconteceu: governadores tomaram posse, Dilma iniciou seu segundo mandato, a conta de luz aumentou, a gasolina aumentou, a inflação aumentou, as estradas pioraram, a saúde piorou, a educação teve bilhões de reais cortados, viramos a Pátria Educadora… Ufa! Para quem acha que o Brasil só começa a funcionar agora, chega atrasado.

E não quero mais viver em um país atrasado. Não quero mais ter que dizer: “eu avisei, eu alertei”. Lembram de quantas vezes tratei aqui no blog das demissões do Porto de Rio Grande? Pois se consolidaram. Nada foi feito, apesar de ser previsível a crise. Aliás, tanta coisa é previsível, que assusta ver que quem governa o país tapa os olhos e os ouvidos.

Nenhuma grande crise surge do nada. O que vivemos no Brasil é sério, mas estava previsto. Resta saber o que faremos com os pouco mais de 300 dias que temos pela frente em 2015. Resta saber o que o governo fará com os próximos 300 e poucos dias e com o povo brasileiro. Não, meus amigos, o ano não começou hoje. Mas bem que poderíamos recomeçar e fazer a verdade a justiça serem as marcas do ano de 2015.

Contas de luz no País terão novo aumento em março

254b2518e2d6f46fea7a8b81963b5b86
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou novos repasses na conta de luz para todas as regiões do País. No Sul, Sudeste e Centro-Oeste a previsão é de aumento de quase 20%. Mas os aumentos não param por aí. Vimos o aumento da gasolina no último final de semana. Quem vai ao supermercado, percebe os aumentos. E, sendo realista, tudo deve aumentar ainda mais.

Quando as contas de água, luz e transporte aumentam para a gente, também aumentam para as empresas. As empresas e indústrias não absorvem esses gastos maiores. Eles repassam ao consumidor, ou seja, para todos nós. Portanto, quem pagará duas vezes a conta da incompetência do governo somos nós.

Torço muito para que o Brasil consiga sair disso. Uma boa medida seria acabar com a corrupção que há décadas toma conta e assola nosso país. Se tivéssemos os bilhões de reais que se perdem no ralo da corrupção investidos em infraestrutura, educação, saúde, segurança, etc, seríamos um país livre da pobreza, mais igual, mais justo e melhor para se viver.

Gasolina: quem conseguirá pagar essa conta?

Gasolina

O fim de semana era para ter sido marcado pela linda festa em homenagem à Padroeira de Porto Alegre, Nossa Senhora dos Navegantes. Mas os donos dos postos de combustível de Porto Alegre e de todo o estado, praticamente, aprontaram uma grande armadilha para os gaúchos; o preço da gasolina chegou a subir R$ 0,50 o litro. Uma alta muito maior do que estava prevista. 

O preço da gasolina impacta quase tudo em nossa sociedade. Frete, transporte, comércio, serviço… É uma bola de neve que só cresce. Sem controle, pior ainda. Fico imaginando o pai de família que tem as contas do mês apertadas e se depara com um aumento absurdo desses. Não, o governo federal não está nem um pouco preocupado com isso. Foram eles que autorizaram.

E ainda diziam que não havia inflação, que a conta de luz não subiria, que a gasolina não subiria… Também dizem que não há corrupção no governo e que não sabiam de nada sobre o maior escândalo de corrupção de nosso país: o Petrolão. Acredita só quem quer!

Greve dos rodoviários chega ao fim em Porto Alegre

17170142

Foto: Agência RBS

Finalmente a greve dos rodoviários porto-alegrenses chegou ao fim. Tem sido assim todos os anos na capital gaúcha: janeiro temos greve de rodoviários. Janeiro tudo para e os trabalhadores que dependem do transporte público sofrem no calor de quase 40 graus à espera de transporte para se deslocarem. Dessa vez parece que o impacto foi menor. Segundo o Diário Gaúcho, “foi aprovado na manhã desta quarta-feira o reajuste de 8% no dissídio dos rodoviários de Porto Alegre. Em votação que durou mais de 20 horas, realizada nas garagens do transporte coletivo de Porto Alegre, os trabalhadores aprovaram a proposta da patronal. As informações são da Rádio Gaúcha.

Sempre digo no Facebook que greve é direito de todo trabalhador, de todas as categorias. E não é opinião minha. É importante que tenhamos claro que a Constituição Federal, em seu artigo 9º e a Lei nº 7.783/89 asseguram o direito de greve a todo trabalhador. “Considera-se legítimo o exercício de greve, com a suspensão coletiva temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação de serviços, quando o empregador ou a entidade patronal, correspondentes tiverem sido pré-avisadas 72 horas, nas atividades essenciais e 48 horas nas demais.” 

Acredito, sim, no poder de negociação de trabalhadores e empresários. Acredito que a luta por melhores condições de trabalho é fundamental. Acredito no diálogo, na mediação, no entendimento. Mas, infelizmente, a cada ano vejo um grupo seleto de pessoas que diz representar uma categoria testando limites. Usam sindicatos para fazer barulho, para interesses pessoais, para interesses políticos. Não se usam mais os sindicatos para a defesa das categorias e dos trabalhadores. Em que momento isso passou a acontecer? Não sei. Mas lamento. Porque cresci vendo greves de categorias fundamentais para o país, vi negociações difíceis terminarem com ambas as partes cedendo. Hoje, vejo barulho, barulho e barulho.

Também sempre digo que empresários e trabalhadores não são inimigos, não estão de lados diferentes. Um empresário só vai bem se seus funcionários forem bem. Os funcionários só vão bem, se houver trabalho digno. Enquanto não olharmos por essa perspectiva, seguiremos em guerra. Estamos todos do mesmo lado. Todos queremos o melhor para o país e para o trabalhador. Todos queremos as famílias brasileiras com poder de consumo, na escola, com plano de saúde, tendo comida no prato… Ninguém vence sozinho. Talvez as greves voltem a fazer sentido quando esse espírito for recobrado.

 

2 anos de luto pelas vítimas da tragédia de Santa Maria

Boate_Kiss_2013.02.04._10

 

Hoje não há muito o que dizer. Hoje o dia é de luto. Há 2 anos, 242 jovens perderam suas vidas de forma violenta, sofrida, brutal. A tragédia que nos entristeceu e chocou poderia ter sido evitada. Como seria a vida desses jovens hoje? Muitos estariam formados, outros estariam ainda na universidade; muitos estariam no colo de seus e pais e amigos; outros talvez já tivessem partido. Difícil adivinha o que poderia ter sido de cada uma das vidas perdidas.

Nos resta a luta pela justiça, para que os responsáveis sejam duramente punidos, para que a Justiça tarde, mas não falhe.

Aos pais, aos irmãos, aos familiares e aos amigos das vítimas, minha solidariedade e meu abraço fraterno. Aos profissionais que seguem atendendo aqueles que sobreviveram, meu reconhecimento. Aos sobreviventes, coragem para seguir em frente, pois vocês sabem o verdadeiro valor da vida.

Sei que pode parecer nada diante de um oceano de acontecimentos, mas se cada um de nós não deixar isso tudo ser esquecido, então a Justiça não faltará e novas tragédias serão evitadas.

Brasil, o país da impunidade

chega_de_impunidade1

Amanhã, terça-feira, 27 de janeiro, completarão-se 2 anos da tragédia da boate Kiss, de Santa Maria. Fora a dor imensa dos pais, familiares e amigos das vítimas, a força para vencer daqueles que sobreviveram, o que mais temos? Impunidade. Ninguém foi punido. Isso que o inquérito aponta que a boate nunca funcionou com todas as licenças necessárias, que o alvará foi obtido com endereço adulterado e houve, sim, uma sequência de negligências. Quem pagará por esse crime?

Não acredito que houve premeditação. Jamais, penso eu, algum dos responsáveis pela boate achou que algo parecido poderia acontecer. Mas o mundo não está em nossas mãos. Fatalidades acontecem. E são potencializadas pela nossa responsabilidade ou irresponsabilidade. Nesse caso, foram 242 vítimas. E nenhum dos responsáveis está cumprindo pena por isso.

Me parece que, no Brasil, a certeza da impunidade, aliada à demora irritante da Justiça, favorece os criminosos. Pensem comigo: 2 anos após a morte de 242 jovens e nada ocorreu; traficantes comandam o tráfico dentro de presídios “de segurança máxima”; balas perdidas matam crianças e ninguém é preso; o pai acoberta o crime de um filho e após 5 anos a Justiça os condena (caso do filho de Cissa Guimarães); os mensaleiros passaram meses na prisão e obtiveram o direito de cumprir pena em casa e Dirceu jamais deixou de ter poder, mesmo preso… Onde vamos parar?

Não quero perder a fé, não quero deixar de acreditar. Mas é difícil ver milhões de cidadãos de bem trabalhando e dando duro para cumprir seus deveres, enquanto a Justiça falha recorrentemente. Tudo é lento demais. Quem comete crimes sabe disso. Sabe que nada lhe acontecerá. Por que, então, deixarão de roubar, matar ou descumprir a lei?

Ou o Brasil dá uma guinada e surgem mais juízes como Sergio Moro, ou em poucos anos seremos terra de ninguém, comandados oficialmente por bandidos.

Não podemos desistir do Brasil

Dos Santos is being induced into a coma following seven hours of surgery.

Que começo de ano, meus amigos. Ao mesmo tempo em renovamos nossas esperanças ao fim do ano passado (ao fim de cada ano, na verdade), que retomamos nossas vidas dispostos a fazer tudo melhor, a mudar o que está errado, a aprimorar o que pode ser melhorado, estamos sendo testados a cada dia. A morte do jovem surfista Ricardo dos Santos, ontem, me fez refletir sobre isso. Onde vamos parar? Vamos resistir a tanta notícia ruim? Ou vamos desistir?

2015 chegou nos mostrando o quanto pode ser difícil. E, embora eu não queira ser pessimista, está difícil reagir e achar boas novas para destacar em meio a tantos fatos tristes. Ver um jovem ser vítima da violência gratuita, cujo principal suspeito é um policial, me faz questionar nossa segurança. Será que nossos policiais estão preparados? Será que alguém que já demonstrou em outras ocasiões não estar preparado para portar armas e nos defender, pode ser policial? Será que seremos reféns do tráfico e dos usuários de drogas até mesmo em nossas casas?

Eu sonho com um país digno para minhas filhas viverem. Sonho que elas possam criar meus netos na rua, brincando, pois não posso fazer isso com elas. Sonho que elas vivam em um Brasil de verdade, com segurança, saúde e educação. Mas parece que isso é apenas sonho… um sonho cada vez mais distante da realidade.

Parece que os Ricardos estão cada vez mais comuns no Brasil… Mas os Ricardos vítimas. Eu queria que mais Ricardos vivos fossem comuns. Queria Ricardos levando o nome do Brasil para fora, defendendo nossa bandeira, falando da nossa natureza, protegendo nossas praias, levando uma vida saudável. Está difícil acreditar nas mudanças, está difícil renovar – a cada dia – as esperanças. Mas vamo que vamo! A gente entristece, sente raiva, não entende, mas não pode desistir do Brasil.

Prepare o seu bolso


divida-endividamento-bolso-furado-homem-endividado-financas-pessoais-1375135199699_800x600

É, prepare o seu bolso! Vem aumento de tudo que é lado! E quem vai pagar a conta é você, trabalhador. Ontem as medidas foram anunciadas pelo ministro Joaquim Levy. Dilma sequer deu as caras. Claro, notícia ruim fica para os outros.

Ontem foi dia de apagão, também. Não bastavam notícias ruins da conta que pagaremos a mais com impostos, faltou luz. Assim, do nada, em diversos lugares do Brasil. A luz simplesmente foi cortada, sem aviso, sem sinal, sem explicação. E, no meu ponto de vista, sem respeito.

O índice de reajuste da table do Imposto de Renda também tem notícia ruim: reajuste muito abaixo do aprovado no Congresso Nacional. Ou seja, estamos cada vez com uma defasagem maior. Cada vez mais brasileiros pagam IR. Cada vez recebemos menos retorno em serviço de qualidade.

Só tem notícia ruim? Sim! E promessas de campanha desfeitas. Lembram da propaganda de Dilma? País perfeito. Ela jamais tiraria direitos dos trabalhadores; não aumentaria a conta de energia; não permitiria que o Brasil tivesse apagões; não aumentaria os impostos… As medidas duras ficariam por conta de Marina ou Aécio. Esses, sim, se aliariam aos banqueiros e tirariam a comida do prato do brasileiro. Marina e Aécio seriam a austeridade, o corte de direitos, o corte de gastos, a ruína de um país em pleno crescimento. Um país de faz de conta, cá pra nós.

Dilma não precisou nem de um mês para mostrar toda a incompetência econômica de seu primeiro mandato. A conta, meu caros, está em nossa mesa. E teremos de pagar. Sem choro. Sem lamentação. Temos que assistir aos bilhões desviados da Petrobrás e concordar com o aumento da gasolina. Temos que respeitar as decisões tomadas, embora saibamos que sejam o oposto do que foi prometido.

São quatro anos disso. Serão quatro longos anos de muitas verdades vindo à tona e muitas mentiras sendo desfeitas. Espero que o resultado não seja o mesmo de outubro de 2014. Espero que o brasileiro acorde, que mude de verdade. Porque mais do mesmo, não dá. Muda mais? Não. Eu quero mudança de verdade e não o Brasil do faz de conta, pintado de vermelho e adornado com estrelas.

Aeroporto de POA: nosso dinheiro rasgado

Salgado_Filho01
Lembram quando Porto Alegre foi escolhida como cidade sede da Copa do Mundo?? Quanta felicidade! Quanta preocupação com as obras que precisaríamos entregar. Não entregamos as obras, mas fizemos a Copa. E foi bonita. O Brasil fez feio, mas a festa foi bonita. Porto Alegre não deixou a desejar. Não fez a Copa das Copas, não superamos outras grandes cidades, mas fizemos nossa parte direitinho.

Por que lembro a Copa do Mundo depois dela ter passado há tantos meses? Porque uma das obras “fundamentais” era a ampliação da pista do aeroporto Salgado Filho. Que agora, depois de investirmos mais de R$ 121 milhões de reais, pode não sair. Por quê? Porque não acham mais importante.

Quem é trabalhador sabe quanto vale esse recurso todo. Quem depende do SUS, da educação pública, quem anda nas ruas e sente-se inseguro sabe onde esse dinheiro poderia ter sido investido. Como um país pode mudar tanto de prioridades em tão pouco tempo?

Porto Alegre foi desrespeitada. O governo federal desdenha de nosso povo. É claro que precisamos de um aeroporto com pista que receba aviões de grande porte. Ou queremos estar sempre na dependência de Galeão e Guarulhos? Até quando seremos esquecidos pelo governo federal logo após as eleições? Que vergonha!

São 20 anos de projeto!!! E agora não serve mais? Milhares de famílias foram retiradas do entorno. Pense você viver uma vida toda num lugar e precisar sair. Você sai, vai para onde jamais esteve e quando olha para onde morava, ficará tudo igual. Sua história foi jogada no lixo.

Histórias jogadas no lixo, paciência jogada no lixo e dinheiro jogado no lixo. Parece que no Brasil de Dilma há dinheiro sobrando…

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien