Agasalhos doados em campanha são furtados em Porto Alegre

Onde vamos parar? Notícias como as de furto de escolas e de agasalhos doados me fazem, por alguns momentos, perder a fé nas pessoas. Como alguém ousa roubar o que é essencial para a dignidade de quem precisa de ajuda? Roubar escolas públicas – já tão prejudicadas pela falta de recursos – e roubas agasalhos de pessoas que passam frio é demais. Me pergunto: onde vamos parar?

Pensem comigo: cerca de 10 mil peças de roupas foram roubadas da sede da Federação Israelita do Rio Grande do Sul. Quantas pessoas foram prejudicadas? Ainda mais nesses dias de frio intenso, como há muitos anos não vivíamos nesta época do ano.

Sou contra olho por olho e dente por dente. Mas em situações como essa, me pego com uma sensação de raiva muito grande. Já precisei da ajuda de muitas pessoas, já vivi em uma comunidade onde muitos ainda precisam desse tipo de ajuda. Talvez por isso seja ainda mais impactante tudo isso.

Não consigo conceber uma criança passando frio porque um delinquente resolveu roubar DOAÇÕES? Conseguimos fazer com o que povo seja solidário daí vem um ladrão e rouba tudo? Rouba o calor, a esperança, a dignidade de milhares de pessoas…

Quanto à segurança pública. Já não cabe mais nem reclamar. Está absurda a sensação de insegurança. Todos os dias vemos mais e mais violência ser noticiada. Mas resposta que é bom, nada…. Onde vamos parar?

Leave a reply

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien