Lula: a culpa de todos, menos minha

Former Brazilian President (2003-2011) Luiz Inacio Lula da Silva gestures during a meeting with the Workers' Party (PT) members in Sao Paulo, Brazil on March 30, 2015 AFP PHOTO / Nelson ALMEIDA        (Photo credit should read NELSON ALMEIDA/AFP/Getty Images)

Former Brazilian President (2003-2011) Luiz Inacio Lula da Silva gestures during a meeting with the Workers’ Party (PT) members in Sao Paulo, Brazil on March 30, 2015 AFP PHOTO / Nelson ALMEIDA (Photo credit should read NELSON ALMEIDA/AFP/Getty Images)

Acabei de assistir à entrevista ou pronunciamento do ex-presidente Lula. Aos olhos dos companheiros, ele foi bem. Ovacionado. Aplaudido. Segue endeusado. Não erra. É alvo. É vítima de tudo e de todos. Foi o melhor presidente da história desse país. Não tem complexo de vira-lata. É especial. É merecedor de diversos milagres.

Mas e a verdade, onde está? Lula, por ter feito grandes mudanças, está acima do bem e do mal? Está acima da justiça? Está acima de mim ou de vocês? Já foi pobre e já passou fome. Por isso pode tudo?

Eu digo ao Lula: eu já passei fome. Eu já fui pobre. E escolhi vencer por méritos próprios. Escolhi não mentir. Escolhi cumprir as leis. Escolhi vencer com coragem. Escolhi estar ao lado de quem me ensinou os valores da ética, moral e honradez.

Não, Lula, o povo não é burro. É grato ao que o senhor fez. Não significa que sejamos cegos diante do que o senhor ganhou para fazer tudo o que fez. Não se trata de iate ou pedalinho. Se trata de moral. De respeito. A culpa não é do judiciário, do Moro, da Globo, Época ou Veja. É de quem perpetuou esquemas de corrupção inimagináveis. É culpa de sua base aliada que cobra propina à luz do dia por votações. É culpa de quem não fez as reformas estruturantes que deveria ter feito. Então, a culpa é do senhor. Que permitiu mensalão e petrolão.

Terceirizar a culpa não cola mais. Que o Brasil acorde!

Leave a reply

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien