PSB debate gestão pública em Porto Alegre

Cartaz economia com chimarrão 2015

Uma das formas mais bonitas de homenagear alguém, é levar adiante o seu legado. Infelizmente perdemos cedo demais Eduardo Campos, um exemplo de gestor e de homem público. Felizmente ele nos deixou um legado muito importante. Campos viveu de forma muito intensa. Teve uma ascensão política como poucos. Aos 49 anos já concorria à Presidência da República e era, sem dúvidas, o candidato mais preparado. Poderia não ganhar, pois era uma coligação pequena brigando contra duas grandes máquinas. Máquinas estas que ajudaram o Brasil, mas que já esgotaram suas alternativas. Eduardo era a mudança. O novo. O novo com conteúdo, com propriedade, com trabalho consagrado, com capacidade, com empenho, com sonhos, com olhar no futuro.

Poder levar adiante esse legado é não desistir do Brasil. E, pra mim, é uma honra poder aprofundar as suas ações no governo de Pernambuco com os amigos socialistas!

#NãoVamosDesistirDoBrasil

Leave a reply

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien