O preço de cada desempregado

desemprego

Tenho me perguntado muito qual foi o momento que, no Brasil, colocaram em lados opostos trabalhadores e empresários. Não entendo essa guerra criada, pois ela é fictícia. O sucesso de um é o sucesso de outro. O crescimento de um é o crescimento de outro. E o sucesso e crescimento de ambos é o sucesso e crescimento do Brasil. Somente através disso podemos superar a fome, a miséria. Somente através da união e do fortalecimento da relação entre trabalhadores e empresários o Brasil conseguirá ser um país igual, de verdade, em oportunidades e direitos. Somente com essa união o Brasil será uma potência econômica capaz de garantir ao seu povo os direitos que a Constituição traz: educação, saúde, segurança e tantos outros.

Sem resposta para a dúvida que citei no início do texto, faço questão de escrever um pouco sobre a crise que vivemos. Ela ainda vai piorar muito para começarmos a vencê-la. Isso significa que milhares de pessoas perderão o emprego. Isso significa que empresas vão quebrar. Isso significa que os empresários que geralmente geram emprego e renda no Brasil estão em risco. A crise é real. Ela vem de tempos. E o povo foi enganado pela falácia política. Poderíamos ter evitado? Sim! Mas a vida não se faz de “se”, mas de ações reais.

A economia do Brasil é baseada na atuação de pequenos, médios e micro empresários. Eles são responsáveis por milhões de empregos. Eles não são inimigos do trabalhador! Ao contrário! Para eles, demitir é o pior dos cenários. Aliás, para qualquer empresário, de qualquer ramo, o pior cenário é o da demissão. Primeiro por uma questão social. Segundo, pela lógica econômica: um desempregado deixa de consumir, pois não tem renda; ao deixar de consumir faz com que o seu entorno deixe de vender; com queda no consumo e nas vedas, outros empregados precisam ser demitidos. A economia é matemática pura.

Por isso, não acreditem na falsa guerra entre empregados e empregadores. Ninguém gosta de demitir. E só venceremos essa crise com a união de todos e, claro, com o governo federal fazendo sua parte. Os erros da economia são grandes e causaram estragos enormes. Mas não podemos desistir nem perder tempo culpando os responsáveis. É hora de acreditarmos e seguirmos em frente, afinal, o preço de cada desempregado é enorme, é grande demais, não só para a economia, mas para os avanços sociais que já conquistamos e não podemos por em risco.

 

Leave a reply

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien