CPI da Procempa deve começar na próxima quarta-feira na Câmara de Vereadores de Porto Alegre

procempa
Uma proposta de trabalho para a CPI da Procempa está pronta para ser discutida na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. A primeira sessão da comissão está prevista para ocorrer na próxima quarta-feira.

O vereador Mauro Pinheiro (PT), presidente da comissão, vai apresentar uma lista de pedidos de documentos a órgãos de controle e de depoimentos de gestores e ex-gestores da empresa, e de secretários municipais.

Criada em agosto, a CPI vai investigar o desvio de recursos da Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre (Procempa). Um dos primeiros passos será reunir documentos de órgãos de controle que apontaram irregularidades desde 2005.

Entre os depoimentos que Pinheiro busca pretende aprovar estão o do atual presidente, Maurício Gomes da Cunha, e os dos principais gestores afastados: o ex-presidente André Imar Kulczynski (PTB), a ex-diretora administrativa Giorgia Ferreira (ex-PTB), o ex-diretor técnico Zilmino Tartari (PMDB) e o ex-gerente de Logística Matusalém Alves (PPS).

Suspeitas de má gestão e de irregularidades fizeram a Procempa ser investigada por Ministério Público de Contas, MP Estadual e Polícia Civil, além de ter sido alvo de apurações internas.

— Queremos saber o que foi feito com o dinheiro e quem se beneficiou. Vamos buscar os responsáveis e tentar garantir o retorno do dinheiro. É preciso recuperar a credibilidade, para que volte a ser uma empresa de tecnologia, e não uma central de pagamentos de eventos e de shows — diz Pinheiro.

Os membros da CPI
Mauro Pinheiro (PT) — presidente
Fernanda Melchionna (PSOL)
Bernardino Vendruscolo (PSD)
Reginaldo Pujol (DEM)
Any Ortiz (PPS)
Mario Manfro (PSDB)
Elizandro Sabino (PTB)
Airto Ferronato (PSB)
Mônica Leal (PP)
Cláudio Janta (PDT)
Nereu D’Avila (PDT)
Lourdes Sprenger (PMDB)

Fonte: Zero Hora

Leave a reply

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien